sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

P.081.Pensamento - Raimundo Fagner


Perdido em meus pensamentos
É que me encontro tão só
Na boca um sabor de veneno
No peito aquele nó
Esperando em qualquer caminho
Um dia te encontrar
Peito a peito, frente a frente
Meu amor o que é que há
Ah! meu amor a vida pode se acabar
Que queres mais que eu faça
Além do grito no ar
A ilusão do tempo a esperar por mim
Te quero o tempo todo perto de mim
Não sei o que é de direito
Mas tudo em mim é você
Quando é pra falar de amor
Já começo a enlouquecer
Ai coração faz o teu fogo arder
Naquele abraço amigo
Na noite que vai chover
Não sei o que é de direito
Mas tudo em mim é você
Quando é pra falar de amor
Já começo a enlouquecer
Ai coração faz o teu fogo arder
Naquele abraço amigo
Na noite que vai chover
Naquele abraço amigo

P.080.Princesa do meu lugar - Belchior


Se me der vontade de ir embora
Vida adentro mundo afora
Meu amor não vá chorar
Ao Ver que o cajueiro está florando
Lembra que estarei voltando
Princesa do meu lugar

A terra toda é uma ilha
Se eu ligo meu rádio de pilha
Terás notícias de mim
Entre as carnaubeiras
Meu amor é um passarinbo
Que pousou em tua mão
Não dances pelo caminho
Oh! não vou me embora não

Não há pranto que apague
Dos teus olhos o clarão
Num lugar donde eu não veja
O luar do sertão

P.079.Palestina - Lulu Santos/Nelson Mota


Essa garota é mesmo um perigo
Não vale a pena ser seu inimigo
Cuidado
Com ela, bela menina
Cuidado
Pois ela é palestina

A sua vida não tem noite nem tem dia
E nem tem trégua sua guerra pela paz
Ela batalha por um chão para seus filhos
Por um destino pra seus velhos, seus irmãos
Os olhos frios se incendeiam lentamente
E são suaves os seus gestos, sua voz
Quando ela larga o seu fuzil e quase nua revira
o ventre em suas danças ancestrais

Essa garota é mesmo um perigo
Não vale a pena ser seu inimigo
Cuidado
Com ela, bela menina
Cuidado
Pois ela é palestina

Enlouquecendo de desejo o inimigo
Ela se dá com tanta fúria que
Ele crê que tem nos braços a mulher de sua vida
Mas é a morte que ele abraça sem saber

Essa garota é mesmo um perigo
Não vale a pena ser seu inimigo
Cuidado
Com ela, bela menina
Cuidado
Pois ela é palestina

P.078.Pavão misterioso - Ednardo


Pavão misterioso
Pássaro formoso
Tudo é mistério
Nesse seu voar
Ai se eu corresse assim
Tantos céus assim
Muita história
Eu tinha prá contar...(2x)

Pavão misterioso
Nessa cauda
Aberta em leque
Me guarda moleque
De eterno brincar
Me poupa do vexame
De morrer tão moço
Muita coisa ainda
Quero olhar...

Pavão misterioso
Meu pássaro formoso
Tudo é mistério
Nesse seu voar
Ai se eu corresse assim
Tantos céus assim
Muita história
Eu tinha prá contar...

Pavão misterioso
Meu pássaro formoso
No escuro dessa noite
Me ajuda, cantar
Derrama essas faíscas
Despeja esse trovão
Desmancha isso tudo, oh!
Que não é certo não...

Pavão misterioso
Meu pássaro formoso
Um conde raivoso
Não tarda a chegar
Não temas minha donzela
Nossa sorte nessa guerra
Eles são muitos
Mas não podem voar...

P.077.Para não contrariar voce - Paulinho da Viola


Quem sou eu
Pra dizer que você fica mais bonita
Desse jeito ou daquele, quem sou eu
Quem sou eu
Pra falar mal do seu gosto
Da pintura no seu rosto
Quem sou eu, não sou ninguém
Cada um trata de si
Seus olhos parecem dizer
Muito bem
Eu prefiro não falar
Para não contrariar você

Fico no meu samba
Se quiser, pode ficar
Vou lá na Portela
Mesmo que você não vá
Não darei ouvidos
Se você me provocar
Mas aceito um beijo
Se você quiser me dar